Gabriel Barbosa (Gabigol)

Gabriel Barbosa Almeida, mais conhecido como Gabriel ou Gabigol (São Bernardo do Campo, 30 de agosto de 1996), é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente joga pelo Flamengo, emprestado pela Internazionale.

Gabriel estreou como profissional pelo Santos em 2013, contra o Flamengo, partida em que marcou a despedida de Neymar. Logo tornou-se titular e ganhou reconhecimento da torcida como o artilheiro da Copa do Brasil de 2014 e o artilheiro do time na temporada. Sagrou-se artilheiro do Santos com 8 gols na Copa do Brasil de 2015, em que o clube foi vice-campeão. No ano seguinte, mais uma vez teve destaque e foi o artilheiro do clube e campeão do Campeonato Paulista de 2016. Pouco tempo depois, foi contratado pela Internazionale por mais de 27 milhões de euros. Após uma passagem sem destaque pelo time, foi emprestado para o Benfica, no qual mais uma vez teve passagem tímida, marcando apenas 1 gol em partida oficial pela Taça de Portugal. Gabriel Barbosa retornou ao Santos por empréstimo da Internazionale no início de 2018, deixando o Benfica após 6 meses.

Participou de alguns torneios de divisões de base pela Seleção Brasileira de Futebol, como a Copa do Mundo Sub-17 de 2013 e o Sul-Americano Sub-20 de 2015, vencendo o Torneio Internacional de COTIF de 2014. Na seleção principal, foi convocado para a disputa da Copa América Centenário em 2016, nos Estados Unidos. Ainda no mesmo ano, fez parte da equipe que conquistou a inédita medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Categoria de base

Apoiado por sua família e conhecidos no futebol, foi descoberto por Zito, durante uma partida de futsal amistosa pelo São Paulo contra o próprio Santos em que marcou todos os seis gols de sua equipe em partida encerrada em 6 a 1. Chegou ao clube com oito anos de idade e virou grande promessa das categorias de base do Santos, sendo muito conhecido desde pequeno como joia do clube, marcou mais de 600 gols nas divisões de base e desde os 14 anos acumulando convocações às seleções de base do Brasil, com multa avaliada em € 50 milhões de euros.

Ida ao profissional

Gabriel foi promovido para a equipe principal em 2013 com 16 anos de idade. Fez sua estreia em uma partida amistosa no dia 16 de janeiro de 2013 na vitória por 4 a 0 contra o Grêmio Barueri, porém, a estreia em partidas oficiais ocorreu no dia 26 de maio diante do Flamengo no empate por 0 a 0, jogo também que marcou a última partida de Neymar pelo clube. Aos 17 anos, teve seus direitos de preferência de compra vendidos ao Barcelona. Seu primeiro gol marcado como profissional foi no dia 21 de agosto, em partida válida pelas oitavas de final da Copa do Brasil de 2013 contra o Grêmio com vitória por 1 a 0. Gabriel entrou para a história do Santos marcando o gol número 12 mil da história do clube, na goleada por 5 a 1 em jogo contra o Botafogo-SP.

Internazionale

Em 26 de agosto de 2016, Gabriel viajou para a Itália para assinar contrato com a Internazionale. O atacante voltou ao Brasil após fazer exames médicos e assinar contrato com o clube italiano para jogar sua última partida pelo Santos, contra o Figueirense na Vila Belmiro, em 28 de agosto.

Em 30 de agosto de 2016, Gabriel foi anunciado como reforço da Internazionale, contratado por 27,5 milhões de euros. Fez sua estreia pela Internazionale em jogo contra o Bologna, pela sexta rodada da Serie A de 2016–17, no empate em 1–1. Após vários jogos no banco, voltou a jogar contra o Sassuolo, entrando nos minutos finais da vitória da Inter por 1–0.

No dia 3 de janeiro de 2017, Gabigol fez seu primeiro gol na Inter de Milão, no amistoso entre Real Linense e Inter de Milão. Seu único gol em partidas oficiais pela Internazionale ocorreu em 19 de fevereiro, na vitória por 1–0 sobre o Bologna.

Benfica

Em 31 de agosto de 2017, a Internazionale anunciou o empréstimo de Gabriel ao Benfica. Fez sua estreia em 12 de setembro, na derrota por 2–1 para o CSKA Moscou, pela fase de grupos da Liga dos Campeões da UEFA de 2017–18. Seu primeiro gol pelo Benfica ocorreu em 14 de outubro, marcando o gol da vitória por 1–0 sobre o Olhanense, válido pela Taça de Portugal.

Retorno ao Santos

Em 25 de janeiro de 2018, o Santos anunciou o retorno de Gabriel, por empréstimo até o fim de 2018. No dia 10 de fevereiro, fez sua reestreia, marcou um dos gols do Santos no empate em 2–2 com a Ferroviária, em Araraquara. Na rodada seguinte fechou o placar na vitória por 2–0 diante do São Caetano em seu retorno a Vila Belmiro. Em 18 de fevereiro contra o São Paulo, decidiu o jogo vencido por 1–0 após completar assistência de Eduardo Sasha. No dia 25 de fevereiro, assinalou o primeiro tento no triunfo de 2–0 sobre o Santo André na Vila. Ao final do Paulistão, o atacante santista foi incluindo na seleção do campeonato, único representante de seu clube na lista.

Flamengo

Em 08 de janeiro de 2019, foi anunciado por empréstimo, junto a Internazionale, até o fim de 2019. O empréstimo é sem custo, mas o Rubro-Negro será responsável pelo pagamento integral dos salários do atacante: 3,5 milhões de euros livres por ano – cerca de R$ 15 milhões (R$ 1,25 milhão por mês). Em 11 de janeiro, o Flamengo confirmou a contratação de forma oficial, ele foi apresentado com a camisa 12 em homenagem a torcida, mas usará a camisa 9.

Ao final do Campeonato Carioca, Gabriel foi o vice-artilheiro da competição e entrou para a Seleção da competição.

Na partida de volta pelas oitavas-de-final da Libertadores da América, Gabriel voltaria a se destacar marcando os 2 gols no tempo normal empatando o placar agregado da decisão já que o Rubro-negro perdeu a partida de ida também por 2 a 0, onde o Flamengo se classificaria para as quartas-de-final nos pênaltis.

Pelas quartas-de-final da Libertadores, Gabriel marcaria o gol de empate contra Internacional na partida de volta para classificar o time as semi-finais da Libertadores após 35 anos, chegando a incrível marca de 26 gols em 2019 em apenas 8 meses de ação isolando-se na artilharia nacional.

Marcou dois gols na vitória do Flamengo contra o Palmeiras por 3 a 0 pela 17° rodada, chegando aos 28 gols no ano e ultrapassando a sua melhor marca de gols que até então era os 27 gols em 2018 pelo Santos.

Seleção Brasileira

Gabriel participou de muitos torneios pelas categorias de base da Seleção Brasileira, como a Copa do Mundo Sub-17 de 2013 e o Sul-Americano Sub-20 de 2015, mas o único título conquistado pela seleção com sua integração foi o Torneio Internacional de COTIF, em 2014.

No dia 26 de março de 2016, Gabriel foi convocado pelo técnico Dunga, para substituir o atacante Neymar, após suspensão ao receber o terceiro cartão amarelo (que gera suspensão automática) no jogo contra o Uruguai terminado em 2 a 2.

Em 5 de maio de 2016, foi convocado para a disputa da Copa América Centenário. Estreou pela seleção principal em 30 de maio de 2016 em partida amistosa contra o Panamá. Entrou em campo no segundo tempo e marcou o segundo gol do jogo.

Fez parte do elenco que conquistou a primeira medalha de ouro conquistada pela Seleção Brasileira olímpica nos Jogos do Rio de Janeiro, em 2016.

Títulos

Santos

Campeonato Paulista: 2015, 2016

Flamengo

Taça Rio: 2019

Campeonato Carioca: 2019

Seleção Brasileira

Jogos Olímpicos: 2016

Categorias de Base

Santos

Campeonato Paulista Sub-13: 2008

Campeonato Paulista Sub-15: 2011

Campeonato Brasileiro de Futebol Sub-17

Seleção Brasileiras Sub-20

Torneio Internacional de COTIF Sub-20: 2014

Prêmios individuais

Jogador Revelação do Brasileirão (Troféu Mesa Redonda): 2014

Revelação do ano de 2015: Bola de Prata

50 Jovens Promessas do Futebol Mundial: 2016

Seleção do Campeonato Paulista: 2016, 2018

Troféu Mesa Redonda – Seleção do Campeonato Brasileiro: 2018

Bola de Prata – melhor atacante: 2018

Seleção do Campeonato Brasileiro: 2018

Seleção do Campeonato Carioca: 2019

Artilharias

Artilheiro da Copa do Brasil: 2015 – (8 gols)

Artilheiro da Copa do Brasil: 2014 – (6 gols)

Artilheiro do Torneio Internacional de COTIF Sub-20: 2014 – (3 gols)

Artilheiro da Copa do Brasil: 2018 – (4 gols)

Artilheiro do Campeonato Brasileiro: 2018 – (18 gols)

 

Acima/Abaixo GOLS

Acima/Abaixo GOLS >>

Acima/Abaixo GOLS
Sport Club Internacional

Sport Club Internacional >>

Sport Club Internacional
Corinthians

Corinthians >>

Corinthians
São Paulo Futebol Clube

São Paulo Futebol Clube >>

São Paulo Futebol Clube
Santos Futebol Clube

Santos Futebol Clube >>

Santos Futebol Clube